Seja bem-vindo
Rio Grande,02/03/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

André Zenobini

Segurança Pública

Estive na sede do 6º BPM e números da segurança são positivos.

Fábio Dutra/Arquivo Jornal Agora
Segurança Pública


Segurança Pública 

Impressiona a organização da Segurança Pública no Balneário Cassino. A presença da Brigada Militar é constante nas principais vias do Balneário. Na Av. Rio Grande, basta olhar para os lados que uma viatura ou policial entra no campo de visão. Planejamento, efetivo e organização são fundamentais nesse processo. Estão dando show. 

Segurança Pública II

Estive na sede do 6º BPM para ver e ouvir sobre os resultados do trabalho no ano de 2023. Saí orgulhoso do que vi. A redução de 52% dos CVLI’s no ano de 2023, em relação ao mesmo período de 2022, é um índice a ser comemorado. Contudo, os demais crimes tem números muito melhores: 

O crime de roubo de veículo teve queda de 61% em relação ao mesmo período de 2022;

O Roubo a Transporte Público apresentou redução de 42%;

Em 2023, com a integração de outras especialidades da Brigada Militar e de Instituições amigas, foi possível recolher das ruas 213 armas de fogo, sendo esta a segunda maior apreensão de armas do 6º BPM, além da prisão de 1.037 pessoas em ocorrências atendidas em Rio Grande. Também foram apreendidos 117 kg de drogas e 830 comprimidos de entorpecentes, o que soma R$ 2.379.351,43 de prejuízos às organizações criminosas.

O que me leve a crer que vivemos muito mais uma sensação de insegurança do que insegurança em si. Obviamente os homicídios dentro da guerra do tráfico ainda merecem atenção e precisam ser reduzidos, contudo, os demais índices mostram que há um trabalho forte da BM e demais órgãos de segurança. 

Segurança para o Comércio e Zona Central

Para a Brigada Militar, o Roubo a Estabelecimento Comercial, Financeiro e de Ensino, teve uma redução de 33% em relação ao período de 2022, em Rio Grande. Contudo, estamos vendo muitas reclamações de comerciantes com suas lojas sendo roubadas durante o dia e nas noites e madrugadas. Sobre esse caso, é preciso destacar a necessidade do registo da ocorrência. As forças de segurança só conseguem alterar seu planejamento estratégico com base nas ocorrências registradas. Portanto, se sofreu algum tipo de furto e roubo, o menor que seja, registre. Só com base nos registros é que é possível cobrar das autoridades uma posição. 

Zona Central 

Sobre o agir, pergunto, como está o monitoramento por Câmeras do Centro da Cidade? Precisamos ampliar a utilização da vigilância por vídeo existente hoje. Também o cercamento eletrônico do município, que consiga identificar veículos que entram e saem, precisa entrar em operação. 








COMENTÁRIOS

LEIA TAMBÉM

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.