Seja bem-vindo
Rio Grande,18/04/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Samuel Ferreira

Dia de Zumbi, da Consciência e da Resistência Negra no Brasil

O Dia de Zumbi e da Consciência Negra é um marco histórico em nossa sociedade, tendo em vista que nosso país foi um dos últimos países a acabar oficialmente com a escravidão.


Dia de Zumbi, da Consciência e da Resistência Negra no Brasil

Dia de Zumbi, da Consciência e da Resistência Negra no Brasil

Na última quinta-feira, dia 21 de dezembro, o atual presidente do Brasil, Luis Inácio Lula da Silva, sancionou a lei que torna o Dia de Zumbi e da Consciência Negra como feriado nacional. A data já era celebrada desde 2011, sendo feriado somente em alguns estados e em alguns municípios do país. A sanção foi legitimada em publicação no Diário Oficial da União no último dia 22, sexta-feira.

O Dia de Zumbi e da Consciência Negra é um marco histórico em nossa sociedade, tendo em vista que nosso país foi um dos últimos países a acabar oficialmente com a escravidão e o tráfico de africanos escravizados e seus descendentes brasileiros. Digo oficial, pois o mesmo mercado de escravizados africanos seguiu em vários lugares de forma informal e ilegal. Da mesma forma, sabemos que o fim do processos escravagista no Brasil não contou por anos com uma política de reparação aos escravizados e aos descendentes de escravizados por parte do Estado.

É importante ressaltar que essa data, rememorada no dia 20 de novembro (dia da do assassinato de Zumbi dos Palmares), remonta aos períodos de resistência na colônia brasileira, aonde milhares de africanos e seus descendentes negros e negras viviam sob a égide da escravidão e da exploração mais desumana que já existiu. Palmares também é um marco na História do Brasil e do mundo, pois era um local de acolhida e de proteção não somente para a população negra, mas também para os indígenas que também sofriam com a escravidão e com a exploração colonial.

Em Zumbi, em Dandara e em Palmares, resgata-se de forma rápida um símbolo de uma realidade de resistência de populações violentadas por mais de 300 anos em prol do colonialismo, e ainda hoje seus descendentes sofrem com o racismo estrutural em uma sociedade que é muito devagar em suas mudanças.

Há muito ainda a ser conquistado em nosso país no que diz respeito às questões raciais e étnicas, mas o Dia de Zumbi e da Consciência Negra é um passo importante na transformação e na reparação social e histórica da sociedade brasileira. Da mesma forma, comemorar e rememorar o Dia de Zumbi e da Consciência Negra é lembrar da realidade histórica violenta que passamos na formação de nosso país e fazer uso dessa memória para superar as contradições da atualidade.



COMENTÁRIOS

LEIA TAMBÉM

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.