Seja bem-vindo
Rio Grande,23/04/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Mais de mil empresas foram abertas em Rio Grande durante 2023

Tempo de registro de empresas atingiu 2,9 horas na Sala do Empreendedor.


Mais de mil empresas foram abertas em Rio Grande durante 2023


Em 2023, a Secretaria de Desenvolvimento, Inovação e Turismo (SMDIT), por meio da Sala do Empreendedor do Rio Grande, teve um papel fundamental no crescimento e na formalização dos médios e pequenos negócios. Somente no ano passado, mais de mil empresas foram abertas no município e no acumulado do triênio (2021-2023) este número passa de quatro mil negócios abertos, totalizando um crescimento de 25%.


Dessa forma, Paola Braga, secretária adjunta da SMDIT destaca este resultado está ligado à significativa melhoria no ambiente de negócios do município, uma vez que Rio Grande tem 958 CNAEs classificados como Baixo Risco, tornando-se o 6º município menos burocrático do Brasil para abertura de empresas. 


Com este olhar de desburocratização, Elisandra Luvier, Superintendente de Empreendedorismo da Secretaria de Desenvolvimento, Inovação e Turismo, pontua outros resultados que foram potencializados através da Sala do Empreendedor: 


Redução do Tempo de Viabilidade 

  • 2020 - 2 dias 
  • 2023 - 5 horas


Redução no Tempo de Registro de Empresas 

  • 2020 - 3 dias
  • 2023 - 2,9 horas


Redução no Tempo de Abertura de Empresas (viabilidade + registro)

  • 2020 - 5 dias
  • 2023 - 7,9 horas


Para Luvier, esses avanços comprovam a celeridade e a transparência no fluxo dos processos, o que facilita a aproximação entre o Executivo Municipal, via Sala do Empreendedor, e os empresários.


De acordo com a Secretária de Desenvolvimento, Inovação e Turismo, Luciane Compiani Branco, “A Lei de Liberdade Econômica otimizou muitos negócios, pois ela parte do princípio da confiabilidade. Então isso faz com que haja uma maior agilidade nesse atendimento às empresas. A desburocratização veio exatamente para isso, para que a gente possa dar celeridade àquelas pessoas, aqueles empreendedores que estão investindo no município. Para mim, já passei pela Secretaria de Assistência Social, é o maior projeto social, poder crescer no município, numa cidade, o empreendedorismo, os negócios, porque gera emprego, gera renda e é isso que precisamos.”




Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.