Seja bem-vindo
Rio Grande,13/06/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Sinergia entre ensino e prática foi tema de reunião entre UCPEL e Monporto

A comitiva da UCPEL visitou o parque de obras e também conheceu detalhes do projeto.


Sinergia entre ensino e prática foi tema de reunião entre UCPEL e Monporto Divulgação

No último dia 16 de janeiro, a direção do Hospital Monporto recebeu uma comitiva da Universidade Católica de Pelotas — UCPEL. As obras do Monporto, novo complexo hospitalar de atendimento de saúde suplementar da região sul do RS, está em ritmo avançado e a inauguração está prevista para 2023. A comitiva da UCPEL, que é uma referência, entre outros, no ensino de arquitetura e medicina, visitou o parque de obras e também conheceu detalhes do projeto. A conversa entra as instituições tratou sobre a importância da sinergia entre o ensino e a prática para um melhor atendimento da sociedade. 

A comitiva da Universidade foi liderada pelo pró-reitor Acadêmico, Prof. Ezequiel Insaurriaga Megiato. Também estiveram presentes o coordenador de Pesquisa e Pós-Graduação Stricto Sensu, Prof. Ricardo Pinheiro, a gerente de Infraestrutura e do Escritório Modelo de Engenharia e Arquitetura da Católica (EMEA/UCPel), Débora Bourscheid e a arquiteta do EMEA, Luciane Cardoso. Pelo Monporto, acompanharam o encontro, o presidente Rafael Avancini, o diretor-clínico Hsu Ting, o diretor-tesoureiro Marcelo Molinari e o arquiteto e sócio Rafael Grantham. A visita foi guiada pela engenharia da L+M, empresa responsável pelos projetos e gestão de implantação do empreendimento. 

Durante a conversa, foram tratados temas como a importância do ensino, pesquisa e extensão na aprendizagem e vivência dos estudantes. Monporto e UCPEL firmaram de manter relações estreitas na construção de uma região sul com mais qualidade de vida. Ainda, ambas instituições trataram de futuras parcerias que podem ser formadas a partir da inauguração do novo hospital. “A busca por parceiros que também focam em qualidade é vital para Universidade. A Católica tem hoje a maior escola médica do sul do país, formando 180 médicos anualmente e também com um programa de residência que se qualifica a cada período. O hospital, pelo que nos foi exposto, busca uma sinergia na pesquisa, quer ser um hospital referência e, nós estamos, enquanto academia, muito disponíveis para parcerias com esse espírito”, afirma o pró-reitor Acadêmico, prof. Ezequiel Insaurriaga Megiato.

Hospital Monporto

O Hospital Monporto, da Rede de Saúde Açores, está sendo construído em um terreno de 15 mil metros quadrados. O novo hospital terá 9,3 mil metros quadrados na fase inicial.  Estão sendo investidos cerca de R$100 milhões entre a construção da edificação, compra de equipamentos, mobiliário, ativos de TI e capital de giro. Estão sendo gerados 150 empregos diretos durante a construção, além de 200 empregos indiretos. A capacidade inicial do hospital será de 75 leitos hospitalares, incluindo quartos com dois leitos, apartamentos, terapia intensiva e hospital-dia. Conforme a demanda, o hospital já estará preparado para atingir 200 leitos. A L+M é a empresa responsável pela Gestão de Implantação do empreendimento. Desde o trabalho de concepção arquitetônica, planejamento de operacionalização com design de serviços e testes de layouts, incluindo, ainda, recrutamento, seleção e montagem das equipes de todas as áreas. O Hospital Monporto já está recebendo currículos para diversas vagas de trabalho. Informações em https://www.hospitalmonporto.com.br/.

Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.