Seja bem-vindo
Rio Grande,20/05/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

André Zenobini

Agradecimentos e Recomeços

Queremos agradecer a vocês, leitores d'O Litorâneo por terem nos propiciado tantas alegrias em 2022! Que em 2023 possamos estar cada vez mais juntos!


Agradecimentos e Recomeços

2022

Neste momento de virada de ano é preciso olhar para o que passou e analisar o quanto tivemos graças ao longo do caminho. Em 2022, o segundo ano de existência d'O Litorâneo, chegamos ainda mais perto da comunidade rio-grandina. Criamos conteúdos e formatos para poder dar a vocês aquilo que mais nos importa: informação. Por isso, hoje quero agradecer a você, nosso leitor, pelo apoio, pela coragem e por não deixar que desanimássemos nos momentos mais difíceis. Não é uma tarefa fácil trabalhar com a informação séria, de qualidade e ágil. É preciso agradecer a nossa equipe, que está e que passou, por todos os momentos de entrega para promover o melhor para nosso leitor. Quero agradecer aos nossos colunistas, parceiros, patrocinadores e apoiadores, que nos motivam a seguir cada vez maiores e melhores. Aos nossos sócios, por acreditarem no potencial da Cidade do Rio Grande, nosso muito obrigado. 

A você, nosso muito obrigado!

Recomeços

Quando um ano encerra, é hora de recomeçar o ciclo. Começar uma nova fase. É com esse espírito que iniciaremos em 2023. Queremos trazer cada vez mais novidades, qualidade, estar cada vez mais perto de vocês. O mundo atual nos permite estar em múltiplas plataformas e é assim que queremos ficar em 2023, perto de você, onde estiver. Portanto, em 2023 teremos ainda mais conexões e muito mais conteúdo. Tudo isso, sem esquecer o nosso principal motivador: o desejo de informar! 

Que 2023 seja um ano lindo para toda a Cidade do Rio Grande e região! Feliz ano novo!  



COMENTÁRIOS

Noto que o Litorâneo tem evoluído. Sou leitor assíduo.

Jornais impressos...não mais. Webjornais que caminham na estrada dos antigos impressos, seguem o caminho dos falecidos: escondem nomes de envolvidos em delitos, optando pelas iniciais. Não dão desdobramentos à notícias que raramente captam atenção. Por exemplo, Rio Grande surge no Brasil e já com destaque em diversos jornais pelo mundo como um grande núcleo do tráfico de drogas e armas. A notícia veio. Mas....e a sequencia? E a chegada da Europol para dar suporte à PF? E novos nomes

LEIA TAMBÉM

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.