Seja bem-vindo
Rio Grande,23/04/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

II Fórum de Desenvolvimento da Economia Azul aborda as oportunidades de descarbonização do setor portuário

Os painelistas compartilharam suas experiências e visões sobre as medidas necessárias para reduzir as emissões de carbono associadas às operações portuárias.


II Fórum de Desenvolvimento da Economia Azul aborda as oportunidades de descarbonização do setor portuário Foto: Divulgação Portos RS

Nos dias 27 e 28 de março, a Câmara do Comércio do Rio Grande foi palco do II Fórum de Desenvolvimento da Economia Azul RS, um evento de grande importância que reuniu especialistas, autoridades e líderes do setor para discutir o futuro da economia azul na região sul do Brasil. O evento proporcionou uma jornada de discussões estratégicas sobre as oportunidades e desafios que moldam esse segmento econômico.

Neste segundo dia de evento, um dos painéis de discussão foi dedicado ao tema "Oportunidades para o Setor Portuário no Processo de Descarbonização". Sob a mediação de Arthur Rocha Baptista, esse painel contou com a participação de Edisiene Correia, Gerente de Desenvolvimento de Eólicos Offshore da Shizen do Brasil, Henrique Ilha, Diretor de Meio Ambiente da Portos RS e Luciano Cesar Lucas, Gerente de Compras da Mingyang Energy.

O debate foi rico em insights sobre como o setor portuário pode se adaptar e contribuir para a descarbonização, um desafio global cada vez mais premente. Os painelistas compartilharam suas experiências e visões sobre as medidas necessárias para reduzir as emissões de carbono associadas às operações portuárias.

Um ponto de destaque durante o painel foi a menção feita pelo Diretor de Meio Ambiente da Portos RS, Henrique Ilha, sobre o pacto assinado pela empresa, evidenciando o compromisso da instituição com a descarbonização e o desenvolvimento sustentável. 

“A Portos RS incorporou em seu planejamento estratégico as premissas qualitativas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), tornando-se parte integrante da agenda ambiental institucional”, disse o diretor da Portos RS.

Segundo ele, a instituição está empenhada em gerir seus recursos e projetos portuários de forma responsável do ponto de vista ambiental, aplicando práticas alinhadas ao desenvolvimento sustentável e à preservação do meio ambiente.

“Algumas das iniciativas adotadas incluem a implementação de sistemas de monitoramento de emissões de dióxido de carbono, a oferta de energia limpa para navios que atracam nos portos do RS e a busca por alternativas de energia renovável, como a instalação de usinas de energia de ondas”, explica Henrique Ilha.

Vale ressaltar que a Portos RS participa ativamente do Programa Brasileiro GHG Protocol, reduzindo emissões e mitigando impactos ambientais. Colabora com atores marítimo-portuários para implementar políticas alinhadas aos ODS e à Agenda 2030 da ONU. Sua integração ao Pacto Global da ONU - Rede Brasil em 2024 reforça seu compromisso com o desenvolvimento sustentável.
O painel sobre descarbonização do setor portuário destacou a importância de iniciativas e estratégias inovadoras como essa para enfrentar os desafios ambientais e econômicos do século XXI, garantindo um futuro mais sustentável para as gerações futuras.

Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.