Seja bem-vindo
Rio Grande,19/06/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Daisy Soares

Poema de Maio

Para esses dias.


Poema de Maio

POEMA DE MAIO


Troquemos calores,

Busquemos amores.

As águas nos castigam,

Morreram as flores.


Troquemos abraços,

Dividamos espaços.

As águas nos expulsam,

Morreram os remansos.


Troquemos olhares,

Ofereçamos lugares.

As águas nos desalojaram,

Morreram as casas.


De tudo o que temos,

Restou pouco.

Só não faltou união,

Nem divisão do pão. 

Estamos à mercê da natureza,

Das águas, das correntezas.

E um dia, com toda certeza

Entenderemos

Que nada somos

Diante da grandeza da vida.



COMENTÁRIOS

LEIA TAMBÉM

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.