Seja bem-vindo
Rio Grande,19/06/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Marisa Martins

Sem Fronteiras

“... É o que quis: andar nesse lugar (...) em uma terra sem mapas”. – Do filme “O Paciente Inglês”.


Sem Fronteiras

SEM FRONTEIRAS

Marisa Martins

aloha.marisah@gmail.com 


“... É o que quis: andar nesse lugar (...) em uma terra sem mapas”. – Do filme “O Paciente Inglês”.


Em menos de três horas de voo, desde Montevidéu, deslumbrante a visão dos Andes, no Chile, ao baixar nível, para pouso em Santiago.

Inesquecível experiência de alteração geográfica, em um dia. Na mesma região do continente. Mar, planícies, picos sempre nevados.

E mais experiência se vai buscar, em incessantes tentativas de encontros e reencontros com realidades físico-humanas. Busca sem fronteiras.

Desde Valparaiso, por terra, ar ou mar, alcança-se o sul do sul americano. Lá, onde Antártico, Pacífico e Atlântico se abraçam. Linha imaginária une mesmas águas de diferentes nomes. Não há traçados inflexíveis nos mapas das ondas que se chocam. Cabo Horn. Passagem de Drake. Em 1587, história e geografia dos mares disseram que ali se encontram.

Valparaíso - capital legislativa do Chile - sede do Congresso Nacional, perto de Santiago, no litoral central, é início do caminho marítimo para o extremo setentrional. 

Desafiante pelo ecletismo, a cidade portuária. Quase junto, Viña del Mar, elegante e charmoso balneário, com diversidade de relevos, de plana orla a íngremes rochedos. Abalada, há pouco, por intensos incêndios.

Passara em Valparaíso há muito tempo. Apenas passara. Desconhecia suas seduções. Estas não se desvendam em breve contato.

Não entrara nos recônditos dos montes que a cercam, como anfiteatro. Não provara a saborosa gastronomia, em fim de tarde, sob umbrelones, ou admirara seculares arquiteturas. Nem mesmo encantara-me com a gente acolhedora, cordial, alegre.

O porto, dos mais importantes das Américas, até a abertura do Canal do Panamá, continua ativo, e se ampliando. Junto com o de San Antonio, é coração das exportações chilenas. E grande terminal de cruzeiros.

Dali se parte, de outubro a abril, para navegações que contornam as “pontas” de Chile e Argentina, próximas à Antártica.

Dali se parte em busca de reentrâncias e de saliências andinas, marulhar de ondas do Pacífico, glaciares, sonhos e realidades.

Sem fronteiras...


P.S.: A impactante diversidade chilena surpreende. Sempre. 


Porto de Valparaiso – Chile

Foto: arquivo pessoal








COMENTÁRIOS

LEIA TAMBÉM

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.