Não me olha

Não me olha

Por Sergio Luis Avilla Puccinelli 18/10/2021 - 20:33 hs

Não me olha

Não me olha

Fecha teus olhos, cerra-os

Deixa-os ao escuro

Como e escura a noite

E tua imagem como um açoite

Persegue meus sonhos e pesadelos

Não me olha

Pois teu olhar me sucumbe

Te tenho os maiores desvelos

Mas não suporto tua retina

Tuas pálpebras

Tuas olheiras de menina

Não me olha

Pois teu olhar me consome

Me escondo, fujo

Fere-me a fome,e a fome é tanta

De amor me lambuso, me sujo

Não me olha

Fitar teus olhos não consigo

Sem suspirar aos anjos

Quero ser mais que teu amigo

Não me olha

Não, não me olha....



O Litorâneo não se responsabiliza pelos conteúdos aqui divulgados, sendo única responsabilidade de seus autores. Como espaço livre e democrático, as opiniões aqui expressas são unicamente de seus autores.