Artigo: Jamais serás esquecida!

Warning: Use of undefined constant tipo - assumed 'tipo' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/olitoraneo/www/antigo/paginas/banners/banner.php on line 25

Warning: Use of undefined constant tipo - assumed 'tipo' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/olitoraneo/www/antigo/paginas/banners/banner.php on line 46

Warning: Use of undefined constant tipo - assumed 'tipo' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/olitoraneo/www/antigo/paginas/banners/banner.php on line 25

Warning: Use of undefined constant tipo - assumed 'tipo' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/olitoraneo/www/antigo/paginas/banners/banner.php on line 46

Artigo: Jamais serás esquecida!

Parabenizar-te é uma honra!


Warning: Use of undefined constant autor - assumed 'autor' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/olitoraneo/www/antigo/paginas/noticia.php on line 16
Por Sônia Azevedo
Warning: Use of undefined constant data1 - assumed 'data1' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/olitoraneo/www/antigo/paginas/noticia.php on line 19
20/02/2022 -
Warning: Use of undefined constant nhora - assumed 'nhora' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/olitoraneo/www/antigo/paginas/noticia.php on line 19
08:49 hs

Warning: Use of undefined constant logado - assumed 'logado' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/olitoraneo/www/antigo/paginas/noticia.php on line 29

Warning: Use of undefined constant creditos_foto - assumed 'creditos_foto' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/olitoraneo/www/antigo/paginas/noticia.php on line 67


Warning: Use of undefined constant foto01 - assumed 'foto01' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/olitoraneo/www/antigo/paginas/noticia.php on line 73
Artigo: Jamais serás esquecida!
Warning: Use of undefined constant legenda - assumed 'legenda' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/olitoraneo/www/antigo/paginas/noticia.php on line 84

Jamais serás esquecida!

Por Sônia Azevedo

Parabenizar-te é uma honra!

Que o tempo passa muito rápido não só todos nós sabemos, como experimentamos a cada segundo. Isto significa dizer, que de 26 de janeiro a 19 de fevereiro, bastando um só  pulo, foi suficiente para perceber, que estás a espera, minha Rio Grande, de que teus filhos, também te cumprimentem, pelo teu aniversário.

Se uma pontinha de ciúme te invadiu, quando teu bairro Cassino, foi cantado em prosa e versos, agora chega a tua vez, para seres enaltecida no superlativo sim: a primeira, a maior, a única... São marcos grandiosos que nos orgulham, contando a história lusitana de um passado, quando foste criada, juntamente com um futuro promissor, através do nosso Porto e de nossa gente altaneira nos mais variados setores. Futuro, já despontando no presente, quando por exemplo, o Estaleiro Rio Grande volta a operar depois de cinco anos de paralização, retomando  ações, suspensas desde 2016, motivadas  por crise no setor. Polo promissor, onde este gigante, é capaz de extrair 3% da mola mestra da economia mundial, por plataformas construídas no teu solo, retornando a auto estima do teu povo e da região. 

E neste desejo, eis que me cai aos olhos, este escrito que transcrevo abaixo, despretensioso, simplesmente levando como título o nome de “Alegrias”, de autoria desconhecida, quando percebi, o quanto destas realidades descritas, ingênuas mas significativas, tu também nos proporcionas, Noiva do Mar, motivos pelos quais, hoje te agradecemos em forma de parabéns, em forma de homenagem.

“Carinho inesperado de filho.

Dinheiro esquecido na roupa.

Cheiro de comida antes de abrir a porta de casa.

Sono que vem quando se precisa.

Uma solução que surge de repente.

Alguém elogiando você, sem saber que você escuta.

Alguém elogiando seu filho.

A febre que baixa.

Um guichê sem fila.

Vaga na porta.

Um voo tranquilo.

Cigarras.

Passarinho cantando.

Quando nasce o que plantamos.

O vento do mar.

O mar.

Quando o avião pousa.

Quando o pai chega.

Quando a dor passa.

Quando rola um beijo.

Quando assinam o contrato.

Quando o abraço aperta.

Quando o amigo se cura.

Quando a foto sai boa.

Quando a mesa é posta para o almoço de família no domingo.

Quando o depósito entra.

Quando dá praia.

Pé da Serra indo pro litoral.

Quando alguém liga.

Quando o livro é bom.

Quando sobra grana.

Quando o neném ri.

Quando falam o seu nome.

Quando a poltrona é na janela.

Amanhecer

Entardecer

Quando chega o outono.

Quando chega a primavera

Quando o médico diz: “Foi só o susto”.

Quando o sol se põe no mar.

Quando o pão está quentinho.

Quando toca música da juventude, ou de alguém especial.

Quando você achava que era tarde, mas descobre que ainda é cedo, muito cedo”!!!

Neste interim me dei conta, que teu escrito, desconhecido autor, faz referências carinhosas a nossa aniversariante, quando por exemplo, ressaltas motivo de felicidade “quando o pão está quentinho” e não é que nos reportamos às  nossas inúmeras padarias, espalhadas por toda cidade e bairros, com fornecimento de qualidade! ”Quando o sol se põe no mar”. E quando o astro rei se põe na lagoa? Na lagoa que banha tua cidade, vista belamente na orla da Henrique Pancada? “Quando falam o seu nome”. Nosso nome, nossa orgulhosa identidade! Teu nome Rio Grande, destaque entre todas as demais e quando acompanhadas de feitos, o peito estufa e tem que se estufar  mesmo; o nobre cidadão? Sim, é filho de Rio Grande. O vencedor do certame, é filho de Rio Grande!

Seriam as sem contas das tuas ações extraordinárias a citar, trajetória de lutas, conquistas e por que não de alguns fracassos, próprios de quem se lança, de quem arrisca, tendo em vista o bem comum. Privilégio, de quem é nascido na terra de quem te fundou, o ilustre Brigadeiro, José da Silva Paes, num arquipélago, cercado de águas, que banham as nossas almas, permitindo-nos perceber, o quanto de grandes ou mesmo de muito pequenas alegrias somos inundados, tornando-nos um povo altaneiro em busca da pujança.

Encontrou algum erro em nosso texto? Envie para contato@olitoraneo.com.br





Warning: Use of undefined constant logado - assumed 'logado' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/olitoraneo/www/antigo/paginas/noticia.php on line 132

Warning: Use of undefined constant audio - assumed 'audio' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/olitoraneo/www/antigo/paginas/noticia.php on line 137





Warning: Use of undefined constant idcat - assumed 'idcat' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/olitoraneo/www/antigo/paginas/noticia.php on line 237






Warning: Use of undefined constant tipo - assumed 'tipo' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/olitoraneo/www/antigo/paginas/banners/banner.php on line 25

Warning: Use of undefined constant tipo - assumed 'tipo' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/olitoraneo/www/antigo/paginas/banners/banner.php on line 46

Warning: Use of undefined constant tipo - assumed 'tipo' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/olitoraneo/www/antigo/paginas/banners/banner.php on line 25

Warning: Use of undefined constant tipo - assumed 'tipo' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/olitoraneo/www/antigo/paginas/banners/banner.php on line 46