Seja bem-vindo
Rio Grande,19/06/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Nerino Dionello Piotto

Ressurge a Termelétrica Papareia

A falta que faz Gilberto Machado de Pinho.


Ressurge a Termelétrica Papareia


RESSURGE A TERMELÉTRICA PAPAREIA


Nerino Dionello Piotto


A FALTA QUE FAZ GILBERTO MACHADO DE PINHO


Dentre as não boas notícias em nosso Estado, surge uma ótima!


Por determinação da Justiça Federal retoma à pauta o projeto da Termelétrica e em experientes mãos, do Grupo Bolongnesi. 


Como  ressaltou o Prefeito Fábio Branco, que sempre lutou pelo  projeto, é uma oportunidade rara, pois a empresa  tem experiência no ramo e capital. 


Ao tomar conhecimento da notícia, me veio à memória o trabalho que era realizado pelo brilhante Secretário Especial do Município, que também foi 

Secretário de Estado, Radialista,Funci do BB, Empresário e aluno da FURG.


BACHAREL GILBERTO MACHADO DE PINHO. Bravíssimo guerreiro pelos projetos que melhoram a qualidade de vida do povo Papareia. Foi, lamentavelmente, abatido em  batalha  pela vida  – doença – peça  que a vida nos prega. 


De origem humilde, do Povo Novo,  personalidade forte, equilibrado, dotado de uma rara inteligência emocional e visão estratégica que muito se assemelhava à do também Papareia Gen. Golberi do Couto e Silva; correção absoluta em atitudes e profissionalismo, que lembram  outro General Papareia, Santos Cruz. 


Foi figura  determinante de muitas carreiras técnicas e políticas como a do saudoso Wilson Mattos Branco. Foi guia e orientador de Janir e Fábio Branco.


Teve atuação vibrante, proeminente e determinante na implantação de nosso polo naval e de grande parte dos projetos de empresas que operam em Rio Grande, pequenas e grandes, servia de forma igualitária. Fui testemunha de várias, em reuniões técnicas das quais participei.  


Gilberto atuava como Consultor e Conselheiro no município e fora dele.  Muitas  vezes o consultei  sobre  problemas técnicos dos quais eu enfrentava em Brasília,  no Banco Central do Brasil.  Que o digam muitos  empresários, como José Aires Abrão e Henrique José Fonseca. 


Que venha a termelétrica e que Gilberto Pinho seja sempre, com gratidão , respeito e admiração, lembrado!










 



 



COMENTÁRIOS

LEIA TAMBÉM

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.