Mulheres Maravilhosas

Mulheres Maravilhosas

Será que as mulheres são realmente “sexo frágil”? Se assim fossem, não teriam a força que têm para carregarem os fardos chamados desrespeito, desamor, covardia.

                             MULHERES MARAVILHOSAS 

 

               Ouvimos, diariamente, notícias de mulheres sendo agredidas, discriminadas e, até,  violentadas. 

              Tudo isso se deve a quê?  Será porque o homem é , fisicamente, mais forte? Será porque as mulheres sempre foram rotuladas de “sexo frágil”? Será porque , culturalmente e por muitos anos, foram submissas e preparadas para assumirem a condição de donas de casa, cozinhando, costurando, dando à luz, dando atenção aos filhos e cuidando deles, que certamente, não foram feitos sozinhos? 

                Finalmente e felizmente essas situações foram mudando, apesar dos maus-tratos ainda existirem, mas agora trazidos a público e providências sendo tomadas. 

               O homem será , fisicamente , mais forte?  Se assim fosse, talvez suportasse dores semelhantes  à dor do parto, mas como dor é uma grandeza imensurável, nunca viremos a saber, mas na minha opinião, não. 

               Será que as mulheres são realmente “sexo frágil”?  Se assim fossem, não teriam a força que têm para carregarem os fardos chamados desrespeito, desamor, covardia;  não ousariam em participar dessa sociedade discriminatória e injusta, onde são eternamente cobradas. Se solteiras, ” quando casarão”, se casadas,”quando terão filhos”, e quando tudo isso passar, os questionamentos continuarão. 

               Até quando as mulheres serão cobradas? 

               Mulheres, façam-se  respeitar, ocupem lugares, mostrem o seu valor e o quanto são capazes;  por tudo isso, mulheres,  vocês representam a beleza, pois não adianta sabedoria e força, se não forem usadas na busca da beleza, vocês merecem carinho, respeito e todos os sentimentos que nutrem a dignidade. 

               Lembrem-se de que seus sangues são todos da mesma cor , e seus leites, símbolos da vida,também são, independente de suas cores, religiões, condições sociais. 

               VOCÊS SÃO MARAVILHOSAS, DIVINAS E, COMO TAL, DEVEM SER SUAS EXISTÊNCIAS. 

                                                                 

                                                                                                   João José Reinbrecht Braga 

                                                                                                   Prof. Maninho- Cadeira 34- ARL 




O Litorâneo não se responsabiliza pelos conteúdos aqui divulgados, sendo única responsabilidade de seus autores. Como espaço livre e democrático, as opiniões aqui expressas são unicamente de seus autores.