Produção de Pelotas está entre os 21 filmes gaúchos selecionados para a 4ª Mostra Sesc de Cinema

Produção de Pelotas está entre os 21 filmes gaúchos selecionados para a 4ª Mostra Sesc de Cinema

Além da Fronteira foi selecionado para o Panorama Estadual.

Por Assessoria 19/09/2021 - 07:00 hs

A Mostra Sesc de Cinema terá 21 representantes do Rio Grande do Sul na edição de 2021. O documentário "De olhos abertos" foi selecionado para o Panorama Brasil, que acontece de 1º a 8 de novembro, e outras 20 obras serão exibidas no Panorama Estadual, que vai de 11 a 21 de novembro. No total, foram inscritos 155 filmes gaúchos. A lista completa de projetos selecionados para o evento está disponível no site www.sesc.com.br/mostradecinema

Dirigido por Charlotte Dafol, "De olhos abertos" fala sobre as dificuldades dos moradores de rua que produzem e vendem seu próprio jornal, o "Boca de Rua", em Porto Alegre. Circulando há 18 anos, o informativo significa, além de uma fonte de renda, uma ferramenta de denúncia e de organização perante a sociedade. Com duração de 112 minutos, o longa foi produzido pela Agência Livre no ano de 2020.

A mostra estadual contará com os curtas "Além da fronteira", de Pelotas, "Amanhecendo Cicatrizes", "Amarelo Cárcere", "Bago Sujo", "Cacicus", "Corpo Mudo", "Eu não sou um robô", "Fica em casa, Rafael", "Laços do ofício", "Lacrimosa", "Love do Amor", "Minha aldeia, minha vida - Yvy Poty Rã - Uva Povo'a Kuery", "Noite macabra", "Quando te avisto", "Tá foda", "Teko Mbaraete - Fortalecimento da vida", "Um pedal", "Vérnix" e "Visita íntima" e o longa "Mudança". As exibições acontecerão de forma virtual.

Além dos aspectos técnicos e narrativos, a comissão que selecionou os filmes levou em consideração elementos sociais, diversidades de linguagens e representatividades de gênero, raça, cor e territórios. Dentro deste contexto, o Panorama Estadual conta com realizadores de 10 cidades (Santa Cruz do Sul, Porto Alegre, Três Passos, Canoas, São Francisco Paula, Santa Maria, Restinga Seca, Pelotas, São Miguel das Missões e Viamão), três filmes com temáticas indígenas e obras dirigidas por 13 mulheres, 18 homens e duas pessoas não binárias.

Com o objetivo de ampliar a discussão e aprofundar os conteúdos apresentados pelos filmes, serão realizados debates baseados em cinco eixos temáticos: "Traumas Sociais e Psicológicos", "Superação e Resiliência", "Experimentações Narrativas", "Paradigmas Sociais e Privilégios" e "Povos Originários - (Re)Existências, colonizações, apagamentos históricos, presença e invisibilidade". Realizados no período do Panorama Estadual, os bate-papos ocorrerão de forma virtual, em plataforma a ser definida, com inscrições gratuitas para o público. A programação completa será divulgada na segunda quinzena de outubro no site do Sesc/RS.

Com a característica principal de incentivar a produção nacional independente que não chega ao circuito comercial de exibição, a Mostra Sesc de Cinema chega à quarta edição em 2021 e é composta pelos panoramas Nacional, Estadual e Infantojuvenil. Participam da competição os filmes dos panoramas Brasil e Infantojuvenil, com premiações de R$ 5 mil para longas, R$ 3,5 mil para médias e R$ 2,5 mil para curtas-metragens. As obras vencedoras serão exibidas nas unidades do Sesc e de instituições parceiras de caráter cultural e educativo, com entrada gratuita, ou em ambientes digitais dentro de páginas, aplicações e domínios do Sesc em todo o Brasil, pelo período de até um ano.

Mesmo em meio à pandemia, o Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac segue próximo da comunidade gaúcha. Seguindo as recomendações das autoridades e mantendo os cuidados com a saúde de todos, os serviços continuam sendo entregues e fizeram diferença na vida de milhares de pessoas em 2020, que passaram a ter à disposição alternativas virtuais de produtos e serviços. O portal www.pertodevc.com.br segue com programação on-line e gratuita em variadas áreas como: empreendedorismo, educação, esporte, saúde, cultura, lazer e ação social. 

 

Filmes gaúchos na 4ª Mostra Sesc de Cinema

 

Panorama Nacional

De 01 a 08/11, com exibições virtuais 


DE OLHOS ABERTOS

Sinopse: Em Porto Alegre (RS), moradores de rua produzem e vendem o seu próprio jornal, o "Boca de Rua", único no mundo. Além de uma fonte de renda, ele é uma voz para ser ouvida, uma ferramenta de denúncia e de organização perante a sociedade. Hoje, o Boca está comemorando 18 anos. O grupo cresceu, a cidade mudou e as dificuldades continuam. Para esses jornalistas, conseguir o que comer, achar onde dormir e sobreviver à violência urbana seguem sendo preocupações cotidianas... que eles enfrentam juntos e de olhos abertos.

Direção: Charlotte Dafol

Cidade: Porto Alegre

Duração: 112 minutos

Ano: 2020

Classificação indicativa: 14 anos

Gênero: Documentário

Produtora: Agência Livre


Panorama Estadual

De 11 a 21/11, com exibições virtuais


ALÉM DA FRONTEIRA

Sinopse: Edmilson perde a esposa e precisa enfrentar a difícil tarefa de criar sozinho a filha Clara. Desempregado e sem alternativas, a fragilidade da relação pai e filha se complica e a única saída parece ser recomeçar tudo de novo no Uruguai.

Direção: Alexandre Mattos Meireles

Cidade: Pelotas

Duração: 22 minutos

Ano: 2021

Classificação indicativa: Livre

Gênero: Ficção

Produtora: Mundo Atlântico Filmes


AMANHECENDO CICATRIZES

Sinopse: Antônio Alberi Maffi continua jovem e idealista. É mais um sobrevivente. Resiste. Insiste. Não se entrega. As marcas causadas pela ditadura militar brasileira não se apagaram de sua memória. Pelo contrário, voltam ao presente através da democracia pela qual tanto lutou. Ainda sonha com o Brasil mais justo. Na poesia encontra conforto. Na vida, ainda espera justiça.

Direção: Juarez Braga Zamberlan, Nelson Brauwers, Ivânio Dalagno e Valdinei Vargas

Cidade: Três Passos

Duração: 15 minutos

Ano: 2020

Classificação indicativa: Livre

Gênero: Documentário

Produtora: Faço Filmes


AMARELO CÁRCERE

Sinopse: Uma mulher está sozinha no seu cárcere amarelo. O curta-metragem borra as fronteiras entre cinema e vídeo arte, flertando com o gênero de horror, trazendo à tona a opressão que permeia a vida das mulheres, do nascimento à morte. É um posicionamento artístico-político sobre os temas: feminismo e saúde mental.

Direção: Pedro Mendes

Cidade: Porto Alegre

Duração: 08 minutos

Ano: 2020

Classificação indicativa: 14 anos

Gênero: Ficção

Produtora: Amanda Catti


BAGO SUJO

Sinopse: Baseado em uma história real, Bago Sujo aborda o primeiro dia de abstinência de um usuário de crack.

Direção: Giordanna Forte

Cidade: Porto Alegre

Duração: 15 minutos

Ano: 2021

Classificação indicativa: 12 anos

Gênero: Ficção

Produtora: Ikebana Filmes


CACICUS

Sinopse: Laura vive e trabalha com o pai em uma lavanderia à beira da falência. A troca de mensagens por bilhetes deixados nas roupas com Camila, uma cliente frequente, traz a possibilidade de fugir do mundo barulhento das máquinas de lavar funcionando 24 horas por dia para um momento de paz e silêncio.

Direção: Gabriela Dullius, Bruno Cabral Gassen

Cidade: Santa Cruz do Sul

Duração: 14 minutos

Ano: 2019

Classificação indicativa: Livre

Gênero: Ficção

Produtora: Independente


CORPO MUDO

Sinopse: Diretora, que sonhava em ser astronauta na infância, visita o universo de outras mulheres para tentar entender o que criou um buraco negro em cada uma.

Direção: Marcela Schild

Cidade: Santa Cruz do Sul

Duração: 13 minutos

Ano: 2020

Classificação indicativa: 12 anos

Gênero: Documentário

Produtora: Pé de Coelho


EU NÃO SOU UM ROBÔ

Sinopse: Após falhar num teste para diferenciar humanos de robôs, Tânia questiona o real.

Direção: Gabriela Lamas

Cidade: Canoas

Duração: 16 minutos

Ano: 2021

Classificação indicativa: 16 anos

Gênero: Ficção

Produtora: Filmes 3 de 5, Filmes de Artifício


FICA EM CASA, RAFAEL

Sinopse: Durante a pandemia de Covid-19, Rafael ocupa a escadaria de uma casa abandonada em Santa Maria (RS) e faz dela sua moradia. Este documentário é a visão de um vizinho que acompanhou essa história.

Direção: Wagner de Souza Antonio (Calixto Bento)

Cidade: Santa Maria

Duração: 05 minutos

Ano: 2021

Classificação indicativa: Livre

Gênero: Documentário

Produtora: Calixto Bento


LAÇOS DO OFÍCIO

Sinopse: Documentário em curta metragem sobre as relações entre professores de música e poesia e alunos em situação de vulnerabilidade social e deficientes intelectuais. Realizado a partir de oficinas de musicalização e musicoterapia ministradas pelos artistas e músicos Ana Krüger, Dúnia Elias, Cláudio Baraldo e Mário Pirata nas cidades de Porto Alegre, Canoas , Gravataí e Viamão, o filme tem foco nos laços construídos e na importância da música e da arte no processo.

Direção: Fausto Prado

Cidade: Porto Alegre

Duração: 23 minutos

Ano: 2019

Classificação indicativa: Livre

Gênero: Documentário

Produtora: Nunca Filmes


LACRIMOSA

Sinopse: Assombrada pela memória do irmão falecido, menina revisita os acontecimentos que levaram seus pais a abandoná-la aos cuidados de sua avó. Da perspectiva de uma criança, a inocência e a culpa irão colidir em sua tentativa de chegar à verdade.

Direção: Matheus Heinz

Cidade: Porto Alegre

Duração: 11 minutos

Ano: 2020

Classificação indicativa: 16 anos

Gênero: Ficção

Produtora: Matheus Heinzelmann Soares


LOVE DO AMOR

Sinopse: Um radialista no interior gaúcho luta contra o preconceito.

Direção: Fabrício Koltermann

Cidade: Restinga Seca

Duração: 09 minutos

Ano: 2019

Classificação indicativa: Livre

Gênero: Ficção

Produtora: Toca Audiovisual


MINHA ALDEIA, MINHA VIDA - YVY POTY RÃ - UVA POVO'A KUERY

Sinopse: O curta é composto de três partes, com imagens destinadas aos não indígenas da cidade. Cada mensagem foi produzida por um dos cineastas do Coletivo Mbyá-Guarani de Cinema. A felicidade das crianças no território, a presença da floresta e dos rios para aqueles que moram em edifícios. O cuidado, plantio e colheita no território. O trabalho das famílias Guarani que dependem do trabalho de sazonal de colheita da uva. Imagens que convidam os não indígenas a pensar em outras formas de viver durante esse período. Esse filme foi produzido dentro do projeto "Mborayvu: imagens e mensagens indígenas para a cidade", pela Tela Indígena via financiamento da lei Aldir Blanc nº 14.017/2020.

Direção: Patrícia Para Yxapy Ferreira, Ariel Kuaray Ortega e Aldo Kuaray Ferreira

Cidade: São Miguel das Missões

Duração: 11 minutos

Ano: 2021

Classificação indicativa: Livre

Gênero: Documentário

Produtora: Tela Indígena


MUDANÇA

Sinopse: Enquanto o Rock in Rio invade o país e o congresso elege Tancredo Neves pelo voto indireto, Reinaldo e seu filho Caio voltam da praia para celebrar a democracia em Porto Alegre. É um dia confuso: Reinaldo espera uma promoção, mas recebe uma outra proposta. Caio quer apenas que o tempo passe, mas no balanço das horas tudo pode acontecer. O país respira mudança – ou apenas sonha com ela.

Direção: Fabiano de Souza

Cidade: Porto Alegre

Duração: 88 minutos

Ano: 2020

Classificação indicativa: 16 anos

Gênero: Ficção

Produtora: Rainer Cine


NOITE MACABRA

Sinopse: É noite. Durante uma transferência entre presídios, detentos de segurança máxima escapam e rumam para uma pequena cidade. As autoridades convocam os cidadãos para auxiliar na captura dos foragidos - através dos meios que forem necessários - oferecendo uma grande recompensa em dinheiro. Em meio ao caos que se desencadeia, um jovem casal em crise tenta se manter vivo.

Direção: Felipe Iesbick

Cidade: Porto Alegre

Duração: 20 minutos

Ano: 2020

Classificação indicativa: 16 anos

Gênero: Ficção

Produtora: Abóbora Filmes & Mina Audiovisual


QUANDO TE AVISTO

Sinopse: O que acontece quando dois olhares se cruzam? E se esses olhares compartilham de um mesmo espaço, mas se constituem em mundos próprios? O que afasta e aproxima indígenas e não indígenas? Entre colonizações e apagamentos históricos, disputas de territórios, presença e invisibilidade, o legado das comunidades indígenas é o da existência através da resistência ancorada na sua espiritualidade, no respeito às diferenças e no vínculo com a natureza.

Direção: Denise Copetti e Neli Mombelli

Cidade: Santa Maria

Duração: 24 minutos

Ano: 2020

Classificação indicativa: Livre

Gênero: Documentário

Produtora: TV OVO


TÁ FODA

Sinopse: Sketches documentais sobre o futuro do Brasil.

Direção: Aline Golart, Denis Souza, Fernanda Maciel, Icaro Castello, Ligia Torres e Victoria Sugar

Cidade: São Francisco de Paula

Duração: 04 minutos

Ano: 2020

Classificação indicativa: Livre

Gênero: Animação

Produtora: Panelinha


TEKO MBARAETE - FORTALECIMENTO DA VIDA

Sinopse: Muitas famílias Mbyá Guarani que moram em aldeias próximas de centros urbanos vendem artesanatos para sobreviver nos territórios em meio a cidade. O filme convida os não indígenas a conhecerem seu cotidiano através da produção do artesanato, do território, da plantação de milho, da opy. O filme é uma mensagem para não indígenas que passam cotidianamente por essas famílias, no centro da cidade, mas não entendem o que veem. Este filme foi produzido dentro do projeto "Mborayvu: imagens e mensagens indígenas para a cidade", pela Tela Indígena via financiamento da lei Aldir Blanc nº 14.017/2020.

Direção: Vhera Xunu

Cidade: Viamão

Duração: 10 minutos

Ano: 2021

Classificação indicativa: Livre

Gênero: Documentário

Produtora: Tela Indígena


UM PEDAL

Sinopse: Nicolas Berghan percorre estradas inóspitas, com um único pedal de sua inseparável bicicleta. Em suas viagens com ela, ele narra suas experiências, percepções de mundo, liberdade de escolha e inclusão. Independentemente das condições físicas ou distâncias, Nicolas é um viajante agradecido.

Direção: Alexandre Derlam

Cidade: Canoas

Duração: 20 minutos

Ano: 2020

Classificação indicativa: 12 anos

Gênero: Documentário

Produtora: Prosa Filmes


VÉRNIX

Sinopse: Vérnix performa o colapso do corpo urbano capitalista. Um corpo exausto e infectado que transborda os limites da linguagem, manifestando-se em pulsão animal. No filme, sete performers encaram animalidades reprimidas potencializadas pela clausura e isolamento da pandemia. Em um continuum vida-morte-vida, naturezas se misturam borrando fronteiras entre humanos e não-humanos. O filme, uma criação do coletivo Criação Kamikaze, dirigido por Renata de Lélis, foi captado de forma totalmente remota. Cada ator-bailarino se gravou sozinho, e a captação das imagens foi feita por celulares diversos. A edição por camadas, conta ainda com materiais de arquivo médico. A anatomia dos corpos são expostas, dando um tom analítico e científico ao trabalho.

Direção: Renata de Lélis

Cidade: Porto Alegre

Duração: 06 minutos

Ano: 2021

Classificação indicativa: Livre

Gênero: Ficção

Produtora: Coletivo Criação Kamikaze


VISITA ÍNTIMA

Sinopse: Elas enfrentam o estigma de "mulher de bandido", passam noites e madrugadas nas filas de prisões e, durante as visitas, ainda têm libido sexual para manterem relações em locais precários e sem privacidade.

Direção: Tatiana Sager e Renato Dornelles

Cidade: Porto Alegre

Duração: 26 minutos

Ano: 2020

Classificação indicativa: 12 anos

Gênero: Documentário

Produtora: Falange Produções