Seja bem-vindo
Rio Grande,23/04/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Wilson Sons investe R$ 1,4 milhão para ampliar eficiência operacional do Tecon Rio Grande

Melhorias incluem a criação de centros de análises voltados para operação do terminal e controle de manutenção


Wilson Sons investe R$ 1,4 milhão para ampliar eficiência operacional do Tecon Rio Grande Foto: Wilson Sons

A Wilson Sons, maior operador de logística portuária e marítima do mercado brasileiro, acaba de realizar um importante investimento no Tecon Rio Grande. Com aporte de R$ 1,4 milhão, o objetivo é ampliar a eficiência operacional por meio de iniciativas tecnológicas, buscando tornar cada vez mais o Tecon Rio Grande uma referência e posicioná-lo na vanguarda de processos modernos e eficientes entre os terminais logísticos brasileiros.

 

Entre as iniciativas implementadas está o COT - Centro de Operação do Terminal, ação estratégica que cria uma célula de inteligência operacional para, a partir de análise de dados, promover planejamento operacional mais eficiente resultando em uma melhor entrega das operações de pátio e navio. A infraestrutura conta com um painel (videowall) em que são apresentados indicadores de performance (KPIs) e dá visibilidade da operação em tempo real e gestão das automações operacionais. Com isso, a iniciativa aumenta a eficiência e a modernização da área, além de favorecer uma governança unificada de todos os sistemas de operação e promover maior produtividade.

 

A criação do CCM - Centro de Controle de Manutenção, também está contemplada no investimento. A ação tem por objetivo acelerar o processo de monitoramento em tempo real dos ativos, utilizando tecnologias como Internet das Coisas - IoT e aumentando a visibilidade de dados para a tomada de decisão. Entre os principais ganhos está a unificação da telemetria de equipamentos e geração de alertas, possibilidade de acompanhamento das manutenções, aumento da segurança operacional, geração de base histórica de análises e falhas, redução do imobilizado de ativos em estoque e uma maior disponibilidade dos equipamentos para manutenção.

 

“Para uma operação atingir o seu objetivo, é necessário sempre buscar as melhores práticas e investir nas mais modernas tecnologias. A evolução de processos oportuniza que possamos oferecer aos nossos clientes serviços com agilidade e qualidade, mantendo a eficiência operacional do negócio”,  explica Giovanni Phonlor, diretor de Operações do Tecon Rio Grande.

 

“Nosso terminal sempre foi uma referência na modernização de operações portuárias, o que muito nos orgulha e aumenta nossa responsabilidade em estar sempre liderando importantes melhorias no mercado. As evoluções são fundamentais e auxiliam no processo de nos consolidarmos cada vez mais como um hub operacional de referência do Cone Sul, sendo a principal e mais qualificada alternativa portuária e logística do Rio Grande do Sul”, completa Paulo Bertinetti, diretor-presidente do Tecon Rio Grande. 

 

O Tecon Rio Grande é a principal via de acesso do Rio Grande do Sul para o Brasil e o mundo, tornando-se, ao longo de seus quase 27 anos de operação, fundamental para o desenvolvimento econômico do Estado. Atualmente, conta com mais de 3 mil clientes, entre importadores e exportadores, e recebe as principais linhas que escalam o Brasil, oferecendo serviços semanais para todos os trades a partir de 13 clientes armadores. Com localização estratégica, o Tecon Rio Grande tem a capacidade de operar 1,4 milhão de TEU e receber embarcações New Panamax com seus 900 m de cais, produtividade, uso de tecnologia e automação, posicionando o ativo como a melhor alternativa para transbordo do Conesul.

 

Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.