Seja bem-vindo
Rio Grande,23/04/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Estado anuncia investimentos de R$ 13,8 milhões em ações contra a dengue em todos os municípios

Na ocasião, também foi anunciado o repasse de R$30 milhões para obras em UBSs


Estado anuncia investimentos de R$ 13,8 milhões em ações contra a dengue em todos os municípios Foto: Gustavo Mansur/Secom

O governador Eduardo Leite anunciou, nesta quarta-feira, 28, uma série de iniciativas e aportes do Estado para os municípios na área da saúde. As ações incluem um repasse de R$ 13,8 milhões a todos os municípios para ações contra a dengue, a destinação de R$ 30 milhões em novos recursos para obras em Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e um projeto de incentivo à vacinação nas cidades. 

A divulgação das iniciativas ocorreu durante a abertura da Assembleia de Verão da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), em Xangri-lá, ao lado da secretária da Saúde, Arita Bergmann. Durante a cerimônia, foi assinada a portaria que destinará R$ 30 milhões para obras de reforma e ampliação de Unidades Básicas de Saúde do programa Rede Bem Cuidar RS. Na ocasião, também foi realizado o lançamento do “Prêmio Imuniza: vacinação do HPV”, que contemplará os municípios gaúchos com melhores índices de imunização contra o papilomavírus humano, causador do câncer de colo do útero. 

O governador disse que as ações apresentadas são uma demonstração do caráter municipalista do governo do Estado e do esforço para firmar parcerias e oferecer apoio na ponta, onde as pessoas vivem. “Estamos disponibilizando novos recursos para reformas e ampliações das Unidades Básicas de Saúde pela Rede Bem Cuidar. Esta é a nossa rede de atenção primária em saúde, em colaboração com as cidades”, afirmou Leite. “Já temos mais de 200 municípios que aderiram à rede e estão com as reformas entregues ou em execução. Queremos chegar até o final do governo com todos os municípios realizando obras nas UBSs. Nosso governo acredita no municipalismo e está ao lado das cidades, dialogando, desenvolvendo ações e investindo para melhorar a vida dos gaúchos”, destacou. 

Ação contra a dengue 

O repasse extraordinário de R$ 13,8 milhões será destinado pela Secretaria da Saúde (SES), em parcela única a todos municípios, para implementação e reforço de ações de vigilância e assistência em saúde voltadas ao enfrentamento da dengue e outras arboviroses (chikungunya e zika). Os valores para cada cidade foram classificados de acordo com as populações, sendo R$ 75 mil para cidades com mais de 200 mil habitantes (12 municípios); R$ 50 mil para cidades com 50 a 200 mil habitantes (32 municípios); e R$ 25 mil para as cidades com menos de 50 mil habitantes (453 municípios). 

São exemplos de uso dos recursos pelas secretarias municipais a ampliação no horário de atendimento dos serviços de saúde da atenção primária; disponibilização de fontes de hidratação; oferta de exames de hemogramas; ampliação das equipes de vigilância e assistência; e reforço de mutirões de mobilização contra o mosquito transmissor da doença (Aedes aegypti). 

Até terça-feira, 27, dados apontam que o Rio Grande do Sul já teve 8,2 mil casos confirmados neste ano, número 813% maior do que no mesmo período do ano passado. Até o momento, são oito óbitos pela doença registrados em 2024 no Estado. 

Arita reforçou a preocupação com o quadro da epidemia e a importância dos recursos extraordinários para robustecer as ações. "A dengue já é um problema sério de saúde pública no Rio Grande do Sul. O volume de casos confirmados é alarmante e a letalidade preocupante. Nossas equipes estão trabalhando muito e de prontidão para ajudar os municípios, tanto na eliminação dos focos do mosquito quanto na área assistencial", ressaltou.

Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.