Seja bem-vindo
Rio Grande,13/04/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Portos do Paraná registram o melhor janeiro da história em movimentação de cargas

Com crescimento total de 20%, os destaques vão para a exportação de cargas de açúcar e soja e importação de fertilizante


Portos do Paraná registram o melhor janeiro da história em movimentação de cargas Foto: Claudio Neves/Portos do Paraná

A Portos do Paraná inicia 2024 com mais um recorde de movimentação. Ao todo, 5.064.683 de toneladas foram movimentadas em janeiro, volume 20% maior em comparação ao mesmo período do ano passado e valor recorde em comparação ao histórico da empresa pública durante o mês de janeiro (4.207.257).

"O desempenho dos portos paranaenses é resultado de uma série de fatores, incluindo a sua localização estratégica, a infraestrutura moderna e a gestão eficiente”, afirmou Luiz Fernando Garcia, diretor-presidente da Portos do Paraná.

Na exportação, os destaques são as cargas de açúcar e soja. A primeira alcançou 74.491 toneladas de sacas em janeiro, representando um crescimento de 188% em relação ao ano passado (25.824). A movimentação do açúcar em grãos também foi grande: de 188.064 toneladas em 2023, a Portos do Paraná registrou 425.001 toneladas movimentados este ano (crescimento de 126%).

Em relação aos grãos de soja, de 445.251 toneladas em 2023, passou para 932.247 toneladas movimentados em 2024 (crescimento de 109%).  Na importação, a movimentação de fertilizantes cresceu 27%, passando de 661.759 toneladas em 2023 para 842.816 toneladas em 2024.

Segundo o diretor de operações da Portos do Paraná, Gabriel Vieira, o recorde é resultado da demanda acumulada do ano anterior que deve se estender ao longo do semestre. “Apesar do grande volume de chuva, quase quatro dias a mais se comparado a 2023, a nossa produtividade foi muito boa graças a inteligência logística e a grande demanda acumulada do ano passado. Atualmente temos uma boa perspectiva de rendimento para o primeiro trimestre, tanto que estamos preparados para receber os mais diversos tipos de cargas”, enfatizou Vieira.

Atualmente o maior exportador dos portos paranaenses é a China. De acordo com dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços; as receitas para o mercado exterior atingiram US$ 1,82 bilhão (R$ 9,01 bilhões) no primeiro mês do ano, um aumento de 29,2% em comparação com janeiro de 2023 (US$ 1,41 bilhão ou R$ 6,98 bilhões).

Geração de emprego e recorde anual

Outro recorde recente registrado pela Portos do Paraná foi conquistado em 2023, quando a empresa pública alcançou a marca de 65.393.256 toneladas movimentadas. O número é o maior já alcançado na história da instituição, fundada em 1935. O recorde anterior foi de 58.399.284 toneladas movimentadas em 2022 (aumento de 12%).

Além do crescimento de movimentação, o ano passado registrou um crescimento na geração de empregos. Em 2023, 669 pessoas realizaram treinamentos de integração para contratos exclusivos com a Portos do Paraná, representando um crescimento de 24,5% em comparação a 2022 (537).

Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.