Seja bem-vindo
Rio Grande,18/04/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Marisa Martins

Respirar com os Olhos

Olhos respiram verdes, águas, flores, nascer de sol...


Respirar com os Olhos

RESPIRAR COM OS OLHOS

Marisa Martins

aloha.marisah@gmail.com  



Olhos respiram verdes, águas, flores, nascer de sol...


Estado de São Paulo é surpreendente. Não só na capital.  No interior, desvenda-se múltiplo, pelas características produtivas,   belezas históricas, naturais e turísticas.

Visão é unilateral enquanto destino concentra-se na Paulicéia Desvairada. Avenida Paulista, Rua Augusta, Jardins, Morumbi, Vila Madalena, Bixiga. Loucura consumista nas ruas 25 de Março e José Paulino. Ama-se ou não. Gosto da capital, apesar de, em certas épocas, olhos respirarem poluição. 

Interior paulista começa a se desvendar em Campos do Jordão. Mais do que a cidade serrana, panorama que acompanha o trajeto até ela deslumbra.

Histórica Itu, cidade dos exageros, é colorido parque de diversões. Enormidades espalham-se entre prédios centenários, museus, praças. E as sorveterias? Ahhh... aquele grande, enorme, exagerado sorvete de milho verde. De Itu, em direção a Jundiaí, natureza exuberante abriga campings, sítios, hotéis-fazenda. Refúgios para correria semanal.

 Visita a camping na região, com belezas naturais – lagos, cascatas, matas, deixou inesquecível história.

Início da noite. Sabe-se quilômetro da rodovia para acesso ao local. Placa com seta indica estradinha estreita, sem iluminação. Em declive. Pedras soltas e lavadas pela chuva.

Motorhome, doze metros e nove toneladas, tenta adentrar o estreito caminho. Bate em pedra. Fibra de paralama dianteiro rasga. Dar ré, nem pensar. Com dificuldade, pedras são ultrapassadas. Dois quilômetros de escuridão e de crateras na trilha, eis o camping. 

Iluminação feérica. Belo pórtico mostra categoria do ambiente. Eis que surge intransponível dificuldade. Motorhome não passa pelo pórtico, na altura. Resultado: noite na antessala do paraíso, em clausura, pois milhares de mariposas são atraídas pelas luzes.

Dia seguinte, beleza expôs-se. Olhos respiraram verdes, águas, flores. É São Paulo?

Esta pergunta também me faço desde troca de parte da Via Dutra pela cênica e sem congestionamento Rodovia Airton Senna, indo ao Rio ou de lá voltando.

Capital, só de passagem, interior descortinado, Airton Senna aguardando, adeus à poluição.

Esta é São Paulo que agora olhos respiram...


P.S.: Deslumbrante amanhecer em Itanhaém, litoral sul paulista, recém descoberto, também oxigena o olhar. 



Foto: Arquivo pessoal     



COMENTÁRIOS

LEIA TAMBÉM

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.