Seja bem-vindo
Rio Grande,18/04/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Daisy Soares

Jerivá em Céu Azul

A vida é tão simples, que chega a ser assustador!


Jerivá em Céu Azul

JERIVÁ EM CÉU AZUL


A vida segue trancafiada,

As horas são controladas,

Mas o sol ainda é o mesmo.



Só o azul do céu

É eterno adorno.

É hora de acordar,

Tudo o que passa

Não tem retorno.


O jerivá não teme o tempo,

Balança ao sabor do vento.

Ele sabe que tem o dia de hoje

E lhe basta para ser feliz.


Aprendi a ser aprendiz.

O que sei

Ou o que não sei

Não me arrancará um sorriso.


Agora já sei do que preciso.

Olhei para o céu,

Contemplei o azul,

O brilho do sol

E o jerivá tranquilo!


Tão simples ficar em paz!

Tamanha a simplicidade,

Que a doida humanidade

Achou, por bem, tornar impossível.



COMENTÁRIOS

LEIA TAMBÉM

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.