VILLAGE – diversidade bem resolvida

VILLAGE – diversidade bem resolvida

A atmosfera é de envolvente alegria e tranquilidade.

Por Marisa Martins 30/07/2021 - 08:04 hs

VILLAGE – diversidade bem resolvida

Marisa Martins

aloha.marisah@gmail.com

Foto: arquivo pessoal

 

A atmosfera é de envolvente

alegria e tranquilidade.

 

Elogiável o respeito à diversidade, em qualquer lugar, em razão de escolhas que cada pessoa faz para sua vida. Isto leva harmonia a princípios básicos de convivência.

Talvez por se configurar como uma terra de imigrantes, e pela história de colonização, o Canadá é nação onde diversidade, em todas as áreas, é mais visível.

Há duas línguas oficiais, o francês e o inglês; grandes bairros abrigam comunidades italiana, portuguesa, latina, africana, irlandesa, indiana, chinesa, junto às francesa e britânica, nas maiores cidades. Nacionalidades determinam os estilos arquitetônicos e a forma de vida.

O melhor exemplo de diversidade, aceita e respeitada, está em Montreal: o bairro Village.

Perto do Quartier Latin – Quarteirão Latino - o Village reúne comunidade gay.

Arquitetura contemporânea, formando condomínios, praças , parques, coloridas lojas, antiquários, cafés, bares, restaurantes,  refinados ou despojados.

Não é por acaso que Village é dos bairros mais procurados por turistas, em Montreal.

A atmosfera é de tranquilidade, cordialidade. A sensação é de envolvente e contagiante alegria.

Ao sair da estação de metrô Beaudry, numa sexta-feira, a primeira visão do Boulevard de Maisoneuve, principal via, impacta.

Muitas quadras de calçadão enfeitam-se, no alto, de um lado ao outro, com camisetas e calções, pendurados em varais. Reproduções agigantadas de prendedores de roupa decoram esquinas.

Artistas do Cirque de Soleil divulgam apresentações. Grupos de jovens, famílias, muitas crianças, casais de diferentes escolhas de relações caminham, sorriem. Conversam.

Dá para conversar em Village. Não há sons estridentes. Sentar-se num bar de calçada, ou num terraço, sem poluição sonora, para bater papo, ser bem atendido, e se surpreender com a diversidade sexo-cultural bem resolvida, é experiência marcante.

Village é tão agradável, civilizado e vibrante, que se retornou para segundo calmo passeio, apreciando-o com mais vagar.

Nada é estressante ou de mau gosto no bairro gay de Montreal. Reflete em sua alegria, a alegria do arco-íris...

 

PS: Impressiona no Canadá total aceitação de diferenças religiosas, étnicas, sexuais, econômicas, profissionais.   



O Litorâneo não se responsabiliza pelos conteúdos aqui divulgados, sendo única responsabilidade de seus autores. Como espaço livre e democrático, as opiniões aqui expressas são unicamente de seus autores.